BREXIT: Governo britânico vai lançar campanha de informação

Por

Informação ou desinformação? O Governo britânico disse que vai lançar a “maior campanha de informação pública de todos os tempos” para preparar as pessoas e as empresas para o Brexit. Ouch!

O Governo britânico anunciou hoje que vai lançar sob o título “Preparem-se para o ‘Brexit’”, a campanha destina-se a sensibilizar as pessoas e empresas para as áreas prioritárias de preparação para uma saída do Reino Unido da União Europeia em 31 de outubro e será divulgada através de televisões, redes sociais, cartazes e outras plataformas.

Segundo comunicado do governo, vai ser  “maior campanha de informação pública de todos os tempos” para preparar as pessoas e as empresas para o Brexit.

O comunicado do Governo de Boris Johnson refere sondagens que indicam que “apenas 50% da população pensa que é provável que o Reino Unido saia da UE em 31 de outubro” e que “42% das pequenas e médias empresas ainda não tem certezas sobre como se preparar”, para justificar a necessidade de mais informação.

Nesta campanha, ainda, as pessoas que pretendem viajar para a Europa e os exportadores para a União Europeia serão expostos a informações sobre como adquirir números de registo e identificação de operador económico, formas de obter documentos para transportes de mercadorias nas fronteiras e modos de candidatura a pacotes de “suporte vital”

Michael Gove, chanceler do Ducado de Lancaster e assessor do primeiro-ministro para as políticas de desenvolvimento, considera que esta campanha “vai incentivar o país para o Brexit e garantir uma “saída ordeira”, o que considera ser uma “responsabilidade partilhada”.

Boris Johnson, que tomou posse como primeiro-ministro conservador em 24 de julho, sucedendo a Theresa May (que se afastou após falhar um acordo de Brexit com a União Europeia), prometeu que o Reino Unido sairá da UE em 31 de outubro, com ou sem acordo.

Perante movimentações políticas que incluíram reuniões entre partidos de oposição ao Governo, Johnson pediu à rainha para suspender o Parlamento durante quatro semanas, até 14 de outubro, comprometendo-se a apresentar uma proposta de saída antes da data limite para o Brexit.

Fonte: Lusa

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
36,369SeguidoresSeguir
Paula Tooths
Paula Tooths
Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de sete títulos publicados no Reino Unido. | Londres - Miami

Como a implementação de políticas de segurança pode auxiliar na proteção de dados corporativos

ESET mostra como políticas de segurança podem evitar catástrofes financeiras para as empresas São Paulo, setembro de 2020 - A segurança dos arquivos e de...

SOLIDARIEDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA UNE COMUNIDADE LATINA DO EXTERIOR

A pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) trouxe à tona diversas reações em todo o mundo. Algumas comunidades latinas, por exemplo, contaram com personalidades que...

Justiça do Trabalho proíbe prefeitura de Cuiabá de assédio moral a profissionais da saúde

Após uma denúncia  do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed -MT) de prática de assédio moral e perseguições com transferências de médicos  e...