Golpe de US$ 1 milhão de dentro da prisão

Por

Um nigeriano está sendo investigado por ter supostamente comandado um golpe de pelo menos US$ 1 milhão (cerca de R$ 4,2 milhões) de dentro de uma prisão de segurança máxima.

Hope Olusegun Aroke teria usado uma “rede de cúmplices” para realizar a fraude, informaram as autoridades anticorrupção do país.

Ele foi preso em 2012, acusado de dar golpes na internet, e condenado a cumprir uma pena de 24 anos na prisão de segurança máxima de Kirikiri, em Lagos, na Nigéria.

Uma investigação preliminar descobriu, no entanto, que ele ainda tinha acesso à internet.

Em comunicado divulgado na terça-feira (19/11), a Comissão de Crimes Econômicos e Financeiros da Nigéria (EFCC, na sigla em inglês) disse que recebeu informações sobre o golpe de Aroke e se viu diante do “enigma” de como ele foi capaz de “continuar exercendo seus negócios” de dentro da prisão.

Após a prisão de Aroke em 2012, a EFCC afirmou que o então estudante que vivia na Malásia era “a ponta de uma complexa rede de esquemas de fraude na internet que atravessava dois continentes”.

De acordo com a investigação preliminar, Aroke tinha acesso à internet e a seu telefone de dentro da prisão, contrariando as regras.

Ele também havia sido internado no Hospital da Polícia da Nigéria, em Lagos, em decorrência de uma “doença não revelada” e conseguiu deixar a unidade para se hospedar em hotéis, encontrar com a família e participar de eventos sociais.

Além disso, usou o nome fictício de Akinwunmi Sorinmade para abrir duas contas bancárias, comprou um carro de luxo e imóveis durante sua temporada na prisão, acrescentou a EFCC.

E ainda estava “de posse do token da conta bancária da esposa na prisão, que usava para transferir fundos livremente”.

As autoridades anticorrupção estão investigando por que ele foi internado no hospital e como foi capaz de ir para hotéis e outros lugares.

A prisão de segurança máxima de Kirikiri é administrada pelo Serviço Correcional da Nigéria, que ainda não comentou o caso.

Fonte: BBC

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
38,152SeguidoresSeguir

INSTAGRAM

Evento gratuito oferece degustação de colágeno

Ação voltada para mulheres será realizada neste sábado, 30, na Suprafarma em Palmas - TO A pele é...

Violência doméstica mata uma mulher a cada três dias na Alemanha

Alemanha registra 140 mil casos de agressões e ameaças cometidas por parceiros ou ex-parceiros em 2018: 81% das vítimas eram mulheres....

Circo Zanni inaugura espaço permanente na Raposo Tavares com apresentações em novembro e dezembro

Grupo circense comemora quinze anos de história com inauguração de sua sede - mais novo centro cultural de Cotia. De novembro...