Hexag oferece estudo online para atender alunos durante isolamento

Por

O Hexag é um curso especializado em alunos que vão prestar vestibular para Medicina.

A rede conta com unidades em São Paulo, São José dos Campos, Campinas, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. São aproximadamente 3 mil alunos.Atualmente, para se formar médico, um aluno, em uma boa universidade particular, investe cerca de um milhão e quatrocentos mil reais na preparação e mais seis anos de curso (incluindo moradia, alimentação e despesas com vestuário e a faculdade).

A alternativa é buscar a universidade pública, parte das vagas são destinadas aos alunos de cotas e o restante ao aluno que precisa pontuar muito bem para entrar na pública.

O aluno de cotas tem corte em aproximadamente 63 pontos em média e quem não faz parte das cotas, cerca de 82 pontos para cursar Medicina. Pois bem, o Hexag, nesse momento, por conta do coronavírus e para não paralisar as atividades, fez uma alternativa que recebeu total adesão dos alunos.

Normalmente, o estudante entra às 7h15 e sai às 19h15 do curso presencial e deve ter foco total, pelo fato do curso de medicina ser dos mais concorridos.

A alternativa do Hexag foi algo que já havia sido projetado desde a greve dos caminhoneiros, em 2018. Transferir todo esse sistema para aulas online, algo que só o Hexag se preparou e pode oferecer aos alunos e, desta forma, possibilitar a continuidade das atividades e a preparação para o vestibular.

Os professores estão em casa, seguindo as orientações das Autoridades Sanitárias e de suas residências continuam mantendo as aulas e houve total adesão por parte dos alunos, que, de casa, também mantém toda a rotina, como se tivesse em sala de aula.

Em dias difíceis, como estamos vivendo, essa foi a forma do Hexag poder continuar levando até ao aluno todo seu sistema de ensino e fazer com que o aluno siga sua rotina de estudos.

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
37,588SeguidoresSeguir
Fabricio Magalhães
Fabricio Magalhães
Jornalista, diretor executivo do Grupo A Hora.

Contratos e acordos entre empregador e empregados previstos na MP 927 requer atenção

Após decretar estado de calamidade pública em razão do coronavírus (covid-19), o Presidente da República publicou a Medida Provisória 927, como forma...

Retrocessos no Brasil e EUA

Alta comissária da ONU para os direitos humanos critica governos Bolsonaro e Trump por "andarem para trás" em termos de políticas ambientais,...

BOLETIM CORONAVÍRUS: EUA no combate ao Covid-19 | 100.000+ contagiados | 28/03/2020

*ATUALIZAÇÕES* • De acordo com a Organização Mundial de Saúde, já foram diagnosticados 597 mil pacientes com Coronavírus –...
UA-52555340-4