Especialista dá dicas de alimentação para a quarentena

Por

Nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, orienta sobre os alimentos que devem estar presentes à mesa e quais cuidados de higiene e preparo são necessários

As organizações de saúde e órgãos públicos do país já alertaram: quem puder, fique em casa pelos próximos dias. Evitar aglomerações é a principal recomendação para tentar conter a pandemia do coronavírus. Neste período em que devemos reduzir a circulação, as idas ao mercado também devem ficar mais restritas. Mas isso não significa que devemos colocar na despensa apenas alimentos industrializados e não perecíveis, como explica a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“É importante tentar ao máximo manter uma rotina alimentar balanceada e saudável. O consumo frequente de frutas e vegetais é imprescindível, ainda mais em um momento em que precisamos estar com uma boa saúde. Quando as defesas do organismo estão em dia, favorece que o vírus cause menos danos ao organismo e reduz o tempo de recuperação em caso de doença”, comenta a profissional.

Para quem vai cumprir com o isolamento social nas próximas semanas e está preocupado com o que colocar no carrinho, Renata listou algumas orientações. Confira!

• Reduza a quantidade de alimentos nas refeições, já que durante a quarentena a tendência é ficar menos ativo. “O ideal é comer conforme a fome e finalizar a refeição assim que sentir saciedade”, explica Renata

• Mantenha em casa opções de alimentos saudáveis com maior durabilidade, como feijão, lentilha, vegetais congelados, polpa de frutas.

•Compre frutas mais “verdes”, que também terão uma durabilidade maior.
•Vegetais mais resistentes, como cenoura, vagem, repolho, batata doce também devem entrar na rotina.

•Vegetais que são consumidos crus, precisam ser lavados em água corrente e em seguida deixados de molho em solução de água com cloro. “Uma opção mais prática é comprar saladas e vegetais já higienizados e cortados, como os disponíveis no Oba Hortifruti”, indica a profissional.

•Carnes e ovos não devem ser consumidos crus ou mal passados, para eliminar qualquer possibilidade de contaminação.

•Inclua alimentos fontes de vitamina C (frutas cítricas), de selênio (castanhas), de zinco (feijões), e de ferro (carnes e vegetais verdes escuros) para ajudar a manter a imunidade em dia.

•Não se esqueça de manter um bom nível de hidratação. De acordo com Renata, o ideal é beber água de forma fracionada ao longo do dia, de modo que a urina fique bem clara.

E, para quem precisa de algumas ideias criativas de receitas para variar na cozinha, Renata indica o passo a passo de arroz de forno e de um picadinho de frango com legumes!

Arroz de forno

2 xícaras de arroz cozido

1/2 xícara de ervilhas congeladas

1/2 xícara de cenoura cozida cortada em cubos

1 xícara de molho de tomate

1 xícara de queijo mussarela ralado

300g de carne moída

Alho, cebola e sal a gosto

2 colheres de sopa de azeite

1) Aqueça o azeite e regofue o alho e a cebola. Acrescente a carne moída e deixe “fritar”.
2) Quando a carne estiver bem cozida, acrescente o molho de tomate e acerte o sal.
3) Em um refratário, misture o arroz, a cenoura e a ervilha.

4) Por cima, acrescente a carne moída com o molho vermelho.

5) Finalize polvilhando o queijo ralado e leve ao forno por 10 minutos para gratinar.

Picadinho de frango com legumes

500g de peito de frango cortado em cubo

1 cebola média cortada em cubos

3 dentes de alho amassados

2 xícaras de chá de jardineira de legumes congelada

1/2 lata de tomates sem pele

1 col de sopa de azeite

Sal e cheiro verde a gosto


1) Aqueça o azeite e doure o alho e a cebola.

2) Acrescente o frango e deixe grelhando em fogo baixo, mexendo para não grudar

3) Com o frango já cozido, acrescente a jardineira de legumes e os tomates sem pele.

4) Acerte o sal e deixe ferver.

5) Desligue o fogo, finalize com o cheiro verde picado e sirva em seguida.

Sobra o Oba Hortiftuti

A rede é referência em qualidade e variedade de produtos, e oferece diariamente um atendimento mais próximo, que prioriza o relacionamento com o cliente, garantindo o equilíbrio perfeito entre sabor e saúde para a vida das pessoas. Acredita que reunir a família e os amigos ao redor da mesa é um momento gostoso e saudável. Referência em saudabilidade e prazer em comer bem, o Oba é fonte para quem deseja manter uma boa alimentação.


A rede também foi premiada duas vezes pela Folha de S.Paulo como a marca mais lembrada pelos brasileiros na categoria hortifruti. A pesquisa, chamada Top of Mind, é realizada todo ano pelo Datafolha, em mais de 170 cidades brasileiras.


Atualmente, a marca possui mais de 50 lojas espalhadas pelos Estados de São Paulo, Goiás e Distrito Federal. Com 40 anos de história, a rede expandiu sua atuação no mercado com setores de frios e laticínios, açougue, adega, mercearia, importação própria, pré-lavados, lanchonete, floricultura, padaria e restaurante, que complementam o setor de hortifruti.

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
36,807SeguidoresSeguir
Redação
Redação
Desde 1998, com foco numa maior oferta de conteúdo relevante e de interesse público, o Grupo A Hora é uma agência de noticias, ciente das preocupações da comunidade.

A teoria dos cinco apetites

Se os animais sabem como manter uma dieta equilibrada, por que os humanos não? Como os biólogos e nutricionistas australianos David Raubenheimer e Stephen J....

Jornalista estreia série de podcasts baseada em áudios do WhatsApp

Com temas variados, podcast é um formato de programa de áudio online, que existe há mais de uma década. Em tempos de pandemia, as...

Aline Mendes e Natália Carvalho fazem live sobre relacionamentos abusivos

Brasil - Goiânia, julho de 2020 - Nesta terça-feira 07 de julho, a partir das 19h00,  as professoras universitárias Aline F. Mendes e Natália...