Em tempos de quarentena, é preciso criatividade para comemorar

Por

Festejar online não é a única opção. Uma jornalista brasileira nos EUA reuniu fotos e transformou em um livro para celebrar o aniversário do marido.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, já foram diagnosticados mais de 1,8 milhão de pacientes e até a manhã de Páscoa nos deparávamos com mais de 112 mil fatalidades. Hoje, os países com o maior número de contagiados são: (1) EUA com 534 mil casos e 21 mil mortes, (2) Espanha com 166 mil casos e 17 mil mortes, (3) Itália com 152 mil casos e 20 mil mortes, (4) França com 130 mil casos e 14 mil mortes, (5) Alemanha com 126 mil casos e 3 mil mortes, (6) China com 83 mil casos e 3.4 mil mortes, (7) Reino Unido com 80 mil casos e 11 mil mortes, (8) Irã com 72 mil casos e 5.3 mil mortes, (9) Turquia com 52 mil casos e 1.100 mortes, (10) Bélgica com 30 mil casos e 3.6 mil mortes, (11) Holanda com 26 mil casos e 3 mil mortes, (12) Suíça com 25 mil casos e 1.1 mil mortes (13) Canadá com 23 mil casos e 700 mortes, (14) Brasil com 21 mil casos e mais de 1.1 mil mortes.

Diante do avanço do surto da Covid-19, os governantes tomaram precauções rapidamente e ordenaram distância social além de estabeleceram toque de recolher. Parte da população está tendo dificuldade de entender a gravidade da situação, apesar das autoridades estarem o tempo todo lembrando a importância do isolamento e de permanecer em casa para evitar uma propagação ainda maior do vírus e o colapso do sistema de saúde, além do caos geral. Quanto ao desmoronamento econômico, pouco pode ser feito no momento.

O Coronavírus mudou a rotina de muitas famílias e como as pessoas podem comemorar aniversários e outras datas festivas. São muitos os vídeos virais que mostram festas e eventos online, mas para quem quer surpreender, não há outra maneira senão buscar socorro na criatividade.

“Estar na linha de frente e poder andar livremente nas ruas, diferente do que muitos pensam, não é um privilégio” – desabafa a jornalista Paula Tooths.

Em abril de 2019, quando se preparava para comemorar o aniversário de 40 anos do marido, a jornalista viu seu carro explodir e, na boleia do caminhão que resgatava a família, prometeu que no próximo ano faria algo surpreendente para compensar.

Paula conta que em janeiro, quando planejava a festa de aniversario do filho e do marido (março e abril respectivamente), já tínhamos índices gritando que a doença se espalharia. Ainda otimista, conseguiu preparar a festa do filho que teve de cantar o bolo sem a presença física dos amigos e familiares, já que ocorrera no primeiro final de semana de isolamento oficial no estado da Flórida, Estados Unidos.

“Bem diferente do que esperávamos, o pequeno recebeu bem a notícia de que, para nossa segurança, a festa aconteceria em casa e que os a amiguinhos não poderiam participar em pessoa. Tivemos bolo por mais de uma semana” – conta Paula Tooths.

No final de semana em que acontecia a celebração de vida do filho de Paula, os Estados Unidos entravam em pânico com a falta de itens básicos como papel higiênico e enlatados nos supermercados; as companhias aéreas cancelavam todos os voos internacionais e os condados proibiam aglomeração de mais de dez pessoas e emitiam toque de recolher. Mas a jornalista tinha uma preocupação: não quebrar a promessa feita ao marido no ano anterior. Ela sabia que tudo estaria fechado muito em breve e não seria possível comprar presentes, comida ou adereços festivos para comemorar o aniversário do esposo e foi ali que surgiu a ideia de fazer algo extraordinário para surpreendê-lo.

“Eu terminava o trabalho cerca das 5pm e o céu sempre estava lindo. Cerca das 5:30pm, todos os dias, eu estava em um atalho na fila para pegar a estrada e ali a vista do Sol caindo é linda. Eu notava que o céu era sempre diferente de um dia para o outro e porque não fotografar aquilo que eu tinha o prazer de ver e compartilhar? Seria um presente, pensei. Religiosamente, captei as imagens pelos 41 dias que precediam o aniversário dele para comemorar seu 41º ano de vida” – explica a jornalista.

Paula reuniu as 41 imagens e organizou em um livro. Fez 41 cópias e convidou 41 pessoas para uma reunião online descontraída que durou 41 minutos.

A obra que não tinha fins comerciais foi propagada celeremente e com a intenção de ajudar a salvar o maior número de vidas possível, o título “5:30 – Beyond Coronavirus” foi publicado e todos os direitos foram doados aos hospitais e profissionais de saúde do Condado de Broward, Flórida, onde a jornalista vive com o marido e o filho.

“O projeto todo já valeu a pena. O brilho do sorriso do meu amado já pagou o preço. Mas, se pudermos salvar uma vida que seja ou mesmo aliviar a dor de uma pessoa apenas, todas as horas que dediquei nessa coleção valerão de algo mais grandioso” – conclui Paula Tooths.

O livro “5:30 – Beyond Coronavirus” de Paula Tooths está disponível em mais de cem plataformas online, em 23 países.

* Paula Tooths é jornalista, produtora executiva e escritora, com sete títulos publicados.

Originalmente publicado em 12 de april no site Terra Noticias | Portal de Minas.

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
36,569SeguidoresSeguir
Redação
Redação
Desde 1998, com foco numa maior oferta de conteúdo relevante e de interesse público, o Grupo A Hora é uma agência de noticias, ciente das preocupações da comunidade.

Time

Time… Oh time will come and time will go but for people like me time runs slow. There was time as a youngster I would wander...

Belgo Talks Agro discute o poder e os desafios femininos no agronegócio

Os desafios e as conquistas das mulheres no agronegócio foram temas da live Belgo Talks Agro, promovida pela Belgo Bekaert, empresa líder e referência...

Alimentação diminui em até 15% a mortalidade por câncer de mama, aponta estudo

Acúmulo de gordura visceral no tronco pode aumentar riscos de morte por câncer de mama após a menopausa. Estudo mostra que alimentação baixa em...