World Press Photo Award 2020

Por

Foto do ano 2020

“Straight Voice” é o título da foto do japonês Yasuyoshi Chiba, vencedor do concurso World Press de Fotografia em 2020. Ele captou um jovem recitando um poema em meio a um protesto contra o governo no Sudão. O júri escolheu esta imagem por “servir de inspiração em tempos de incerteza”. A foto também foi a vencedora na categoria “Notícias gerais, individual”.

Imagem do desespero

A ganhadora na categoria “Notícias locais” é uma série sobre o acidente com o voo ET302, da Ethiopian Airlines, registrada por Mulugeta Ayene, da Etiópia. Desesperada, a familiar de uma das vítimas da tragédia lança terra no rosto no local do acidente.

Vitória no último segundo

A vencedora na categoria “Esporte, imagem individual”, do canadense Mark Blinch, parece uma pintura. Kawhi Leonard, do Toronto Raptors (agachado, de branco, no centro), vê sua bola entrar no cesto, garantindo a vitória de seu time já depois de a campainha ter sinalizado o final do jogo. Assim, o Raptors, de Toronto, se tornou o primeiro time fora dos EUA a vencer um campeonato da NBA.

De volta à vida

A foto premiada do polonês Tomek Kaczor mostra Ewa, uma armênia de 15 anos que acorda de uma condição chamada “síndrome da resignação”. O fenômeno afeta principalmente os filhos de refugiados, que ficam em silêncio enquanto aguardam refúgio, tornam-se passivos e deixam de comer. Assim que as condições de vida melhoram, elas retornam lentamente à vida normal.

Inocência

Este bebê orangotango morreu após ser encontrado por ativistas de direitos dos animais ao lado da mãe ferida numa plantação de dendê. A mãe havia sido atacada com uma arma de ar comprimido e ficou cega. Alain Schroeder acompanhou o trabalho dos ativistas que trabalham pelos primatas altamente ameaçados e ganhou o prêmio na categoria “Natureza, imagem individual”.

Protesto 

Um jovem segura um cartaz durante os protestos de Hong Kong em 11 de setembro de 2019. À sua volta, os manifestantes entoam a conhecida canção “Glory to Hong Kong”, que se tornou o hino inoficial do movimento de protesto. A série de fotos feita por Nicolas Asfouri venceu na categoria “Notícias gerais, reportagem”.

Curiosidade ou fome?

Na categoria “Meio ambiente, imagem individual”, ganhou a foto “Urso-polar e filhote” da húngara Esther Horvath, tirada para o “New York Times”. Ela mostra dois ursos se aproximando de equipamento dos pesquisadores da Polarstern. A tripulação do navio está pesquisando as consequências das mudanças climáticas no Ártico.

Os bastidores da guerra

A feira de armas IDEX em Abu Dhabi é uma importante mostra de equipamentos militares. Aqui, um vendedor de armas está guardando duas bazucas. A fotógrafa russa Nikita Teryoshin participou da feira e tirou a foto que lhe valeu o prêmio na categoria “História Contemporânea, imagem individual”.

“Gênese da revolta”, história em fotos

Em sua série de fotos, o francês Romain Laurendeau acompanhou jovens revoltados da Argélia, onde 72% dos que têm menos de 30 anos estão desempregados. Em fevereiro, a frustração deles explodiu em protestos de rua. Laurendeau ganhou o prêmio de “Reportagem do ano”.

Fonte: DW

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
36,123SeguidoresSeguir
Paula Tooths
Paula Tooths
Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de oito títulos publicados no Reino Unido. | Londres - Miami

Thanksgiving Day – o feriado Americano que comemora o Dia de Ação de Graças

Nos Estados Unidos Tudo começou em 1620, quando um pouco mais de 100 "Pilgrims", ou peregrinos, povos nativos da Inglaterra embarcaram para a América num...

13.ª Festa do Cinema Italiano

A 13.ª Festa do Cinema Italiano, adaptada aos tempos de pandemia da covid-19, arranca na quarta-feira em Lisboa, com a exibição de “Pinóquio”, de...

Home office: deveria ser um direito?

A possibilidade de trabalhar à distância 24 dias por ano – é isso que o ministro alemão do Trabalho, Hubertus Heil, quer para os...