Friday, August 6, 2021

Primeira-dama quer levar apoio às mulheres mais vulneráveis nos diversos bairros de Goiânia

Por

Thelma Cruz se reuniu com a secretária da Mulher, Tatiana Lemos, e se colocou à disposição para somar aos projetos da pasta

Brasil, janeiro de 2021 – A primeira-dama de Goiânia, Thelma Cruz, visitou, na tarde desta quinta-feira (21/1), a sede da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM). Convidada pela titular da pasta, Tatiana Lemos, ela foi recebida por todos os servidores e, além de conhecer a estrutura oferecida para as mulheres da capital, discutiu pautas femininas, como saúde da mulher e feminicídio.

De acordo com a primeira-dama de Goiânia, o objetivo é criar um elo entre o seu gabinete e os projetos da Secretaria já que a proposta da nova gestão é levar apoio até às mulheres mais vulneráveis socioeconomicamente nos diversos bairros da capital. “Ajudar o próximo nos torna grandes e por maiores que os desafiam estejam presentes, não vamos desistir”, declarou Thelma Cruz.

A secretária Tatiana Lemos observou que essa parceria com o gabinete da primeira-dama de Goiânia é de fundamental importância para que os projetos cheguem a todas as mulheres de Goiânia. “A primeira-dama é um presente para a nossa capital. Thelma é do povo e quer estar no meio do povo, vivendo o dia-a-dia com empatia”, disse Tatiana.

“Gratidão é uma das coisas mais importantes que podemos sentir na vida, e não há uma forma melhor de ter esse sentimento do que ajudando aqueles que mais precisam. Estarei lado a lado com a secretária Tatiana. Uma por todas, todas por uma. Esse é o objetivo, mulheres construindo um mundo melhor,” complementou Thelma Cruz.

Informações sobre o Centro de Referência de Atendimento à Mulher Cora Coralina

Unidade da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, o Centro de Referência de Atendimento à Mulher Cora Coralina
fica na Rua 74, esquina com Rua 59, número 423, no Centro de Goiânia e conta com atividades como palestras, cursos de qualificação profissional, atendimentos psicossociais e jurídicos.

O espaço, que fica em cima da Casa Popular, está instalado em um prédio de três andares e possui cerca de 16 salas, além de auditório, laboratório de informática e estacionamento. Possui acessibilidade às pessoas com deficiência, com piso tátil na calçada, elevador, rampa de acesso e banheiros para cadeirantes.

Além disso, é de fácil acesso a linhas de ônibus pela Rua 74 (em frente ao Mercado da 74). As usuárias têm acesso às seguintes linhas:

008 – T. Veiga Jardim /Alvorada/ Rodoviária;

017 – T. Cruzeiro / Centro / Rodoviária;

035 – T. Garavelo / Rodoviária – Eixo T-63;

193 – PC Trindade / Rodoviária / Via Flamboyant;

225 – Vale dos Sonhos / Res. Guanabara / Rodoviária / Centro;

277 – T. Cruzeiro / Pq. Amazônia / Rodoviária;

405 – Aruanã / T. Bíblia / Centro;

611 – Bairro Floresta / Centro.

O atendimento ao público, para informações, está sendo feito pelo telefone (62) 3524-2933/34.

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
35,069SeguidoresSeguir
Fabricio Magalhães
Jornalista, diretor executivo do Grupo A Hora.