Saturday, May 8, 2021

Mãe, empresária e apaixonada por turismo

Por

BRASIL, abril de 2021 – Elá é natural de Goiânia capital do Estado de Goiás, localizado no Centro-Oeste brasileiro, tem 42 anos, casada, mãe de Gabriel, Lucas e Alice, é formada em odontologia e empresária no ramo de turismo e hotelaria, hoje o bate papo é com Vanessa Pires Morales, que nos contou um pouco de sua trajetória empresarial e como tem lidado com pandemia, filhos e matrimônio, segue entrevista abaixo:

NP – Vanessa há quantos anos na área de turismo?

VP – Há 13 anos em processo de estudo, aprendizagem, prática empreendedora sustentável, sonhos, construções e conquistas.

NP – Como tudo começou, digo como surgiu seu interesse por esta área, visto que sua formação acadêmica é outra?

VP – Me orgulho em dizer que sou formada academicamente em Odontologia e especialista em Ortodontia, pois estes anos dedicados à saúde bucal, análise, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento, desenvolvimento e amadurecimento da face, dos arcos dentários e da oclusão me proporcionaram experiências para aperfeiçoar a prática do detalhamento e oferta do sorriso encantador.

E sorriso encantador remete ao turismo. O sorriso expressa o bem receber, provoca o encantamento e dá boas vindas a quem tem a alegria de o compartilhar. Por este motivo também me identifiquei com esta cadeia produtiva conhecida como Turismo.

Ingressei-me no segmento pelo braço da hotelaria com nossa administradora Vivence Hotéis & Resorts operando um hotel corporativo superior na cidade de Goiânia – GO, conduzindo um resort na cidade turística de Caldas Novas – GO, uma pousada na também Pirenópolis – GO, um hotel corporativo midscale em Canaã dos Carajás – PA e, atualmente, no Vivence Suítes Hotel na cidade de Palmas – TO. A Vivence Hotéis & Resorts participa da idealização de um projeto, acompanha o estudo de viabilidade mercadológica, conduz a formatação de um hotel, implementa os padrões e processos hoteleiros, seleciona o time, aplica os treinamentos e coordena os trabalhos de operação do negócio.

O outro braço de desenvolvimento no turismo foi a gastronomia conduzindo dois restaurantes de cozinha internacional contemporânea e um restaurante japonês, sendo este último nosso escolhido para modelo de franquia.

Pela convicção latente da força do trabalho coletivo, ingressei também no terceiro setor estando como presidente da ABIH-GO (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – Seção Goiás) por dois mandatos, fundando o CETUR (Conselho Empresarial de Turismo da Fecomércio-GO), estando como vice-presidente do Goiânia Convention & Visitors Bureau, Vice-Presidente da Câmara de Turismo do CODESE (Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia), Diretora de Turismo da ACIEG (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás) e tendo a honra de ser a única brasileira palestrante no Global ReformBnB Forum, no qual se reúne a cúpula da hotelaria mundial.

Para cumprir meu papel na sociedade, não poderia deixar de exercer e dar minhas contribuições ao primeiro setor, estando hoje ocupando o cargo público de Secretária Executiva da AGETUL (Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer da Prefeitura de Goiânia) a convite do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, o que veio para propiciar, dentro de uma governança turística, o envolvimento dos três setores da sociedade goianiense em benefício do turismo da capital do Estado de Goiás.

NP – Você trabalha quantas horas/dia?

VP – Em torno de 12 horas/dia.

NP – Como consegue separar vida profissional home office / Vanessa esposa, Vanessa mãe?

VPConciliar as atividades pessoais e profissionais sem que uma interfira na outra é o sonho de 100% das pessoas que estão no mercado de trabalho, independente de cargo, função, idade ou sexo. Com os avanços tecnológicos, que nos mantém conectados 24 horas, é ainda mais difícil deixar os compromissos de casa em casa e do trabalho no trabalho.

Entretanto, isso é imprescindível para a qualidade de vida, para evitar problemas na carreira e aumentar o rendimento, afinal, quando falamos de trabalho estamos falando de produtividade. E o mesmo vale para os relacionamentos pessoais, com família e amigos, e os momentos de lazer, que só tendem a ganhar em qualidade quando estamos focados neles.

O segredo é não tentar separar os assuntos como se fossem duas vidas (uma pessoal e outra profissional), e sim buscar o equilíbrio com uma boa pitada de bom senso.

NP – O que é turismo para você?

VP – Turismo é movimento, experiência, qualidade de vida, saúde mental, imersão em cultura, registros visuais, sensações memoráveis… é conexão. Conexão consigo, com as pessoas, natureza, grandes centros, culturas, idiomas, histórias… é crescimento. E todo este movimento ainda representa geração de renda e empregos contribuindo para o desenvolvimento dos destinos visitados.

NP – Qual a experiência profissional mais marcante que você pode nos relatar?

VP – A experiência de posicionar um resort, decretado como falido por ex gestores, em um período curto de tempo entre os 10 melhores do Brasil, foi uma grande conquista, inclusive digna de reconhecimento da grande imprensa e poder público local.

NP – Até onde Vanessa Pires quer chegar?

VP – Vanessa quer chegar onde os conhecimentos lhes serão presenteados e onde suas contribuições farão parte de uma especial construção. E para isso não existem limites, barreiras, objeções ou interposições, somente disponibilidade, foco, dinamismo, determinação e trabalho.

NP – Quem é Vanessa Pires?

VP – Vanessa é uma mulher doce e que assume posição, é sonhadora e empreendedora, é em prol do coletivo e focada, é caridosa e amorosa. É filha dedicada, mãe presente, esposa companheira, empresária atenta e filha de Deus em eterna gratidão por tantas oportunidades.

NP – Como você tem lidado com a questão da pandemia COVID-19 há quase um ano e meio assolando o mundo, e desfazendo planos, sonhos e mudando o futuro incerto das pessoas?

VP – Compreendo a pandemia como um momento de reflexão, transformação e oportunidades. Em família a mudança de hábitos e valorização de cada momento; nas empresas, segurança sanitária, inovação, criatividade, análise mercadológica e estudos de risco e viabilidade; e no poder público, planejamento para retomada do turismo com inteligência e assertividade em um ambiente de governança.

NP – Que conselho a empresária, esposa e mãe Vanessa Pires deixa para quem estiver lendo esta entrevista?

VP – Enquanto empresária, mãe, esposa e filha, precisei me preparar para a escalada, pois o sucesso profissional, o bom relacionamento com os filhos, esposo e pais é uma consequência do objetivo, foco, trabalho e dedicação. Ao lado do sucesso vem a inveja, entraves e muitas barreiras, os quais, com inteligência emocional, equilíbrio e boa convivência serão perfeitamente transpostos. Isso tudo ainda deve vir acompanhado da criatividade e inovação para que possamos estar em um ambiente onde tudo pode ser feito com maestria.

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
36,066SeguidoresSeguir
Paula Tooths
Paula Tooths
Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de oito títulos publicados no Reino Unido. | Londres - Miami