Monday, June 21, 2021

Treinamento Funcional começa a ganhar simpatizantes

Por

O treinamento funcional é uma classificação de exercícios que envolvem treinar o corpo para desenvolver capacidades funcionais necessárias às atividades da vida diária, como saltar, agachar, empurrar, puxar, correr, levantar e arremessar.

A principal característica de um programa de treinamento funcional é que diversos músculos são estimulados no mesmo exercício. Enquanto programas tradicionais de musculação em aparelhos focam em exercitar músculos individualmente, o treinamento funcional integra diferentes grupos musculares em um mesmo movimento.

O Grupo A Hora entrou de cabeça nesta nova modalidade de atividade física e conversou com alguns especialistas em treinamento funcional, para entender melhor o que é, como funciona, quais os benefícios e quem pode praticar.

O jornalista Fabricio Magalhães, do Grupo A Hora, conversou com Dênys Viana, que é professor de dança há mais de 8 anos, profissional de educação física, personal trainer e instrutor de funcional.

“A aula de dança funcional pode trazer vários benefícios, entre eles, trabalhar o sistema cardiovascular, gerando condicionamento para as pessoas, ganho de resistência respiratória para executar, além da dança, outras atividades do dia a dia. É possível também trabalhar a coordenação motora, a autoestima e queima de gordura corporal. Outro grande benefício é trabalhar a questão emocional, pois a prática da dança produz liberação de alguns hormônios, como a endorfina, responsável pela sensação de bem-estar e de prazer, principalmente em épocas pandêmicas”, afirmou Dênys.

Paula Tooths, jornalista do Grupo A Hora, conversou com Lorena Camarço Valadares Santos, graduada em educação física e que trabalha profissionalmente com dança desde 2014.

“Meu primeiro contato com a atividade funcional foi durante meu estágio em um programa de atividades físicas promovido pela prefeitura de Goiânia. Por ser uma modalidade que trabalha conjuntamente movimentos da dança e do fitness, a atividade funcional é indicada para pessoas a partir dos 12 anos de idade, desde que sejam acompanhadas por um médico e por um profissional de educação física”, explica Lorena.

Aulas de dança apesar de serem ministradas coletivamente, é necessário que o profissional responsável esteja atento e atenda a individualidade biológica de cada aluno participante.

Segundo um parecer técnico do Conselho Federal de Fisioterapia, publicado em agosto de 2018, o Treinamento Funcional nasceu nos Estados Unidos, e disseminou-se posteriormente pelo Brasil e outros tantos países, conquistando inúmeros adeptos. A atividade preconiza exercícios em planos mistos, abrangentes e complexos, utilizando geralmente o próprio corpo.

O jornalista Fabricio Magalhães, conversou também com Denise de Almeida Castro, professora de Educação Física há 17 anos, sobre a dança funcional.

“Eu não ministro essa categoria, mas posso dizer que é praticante um misto, intercalando coreografias com exercícios funcionais. Pra quem não gosta da monotonia de uma sala de musculação, por exemplo, é uma excelente forma de gastar energia, de melhorar o condicionamento cardiorrespiratório de forma divertida, dinâmica, além do fortalecimento muscular que os exercícios funcionais proporcionam”, completou a professora Denise de Almeida.

Em tempos de pandemia, isolamento social e cuidados para evitar a aglomeração, muitos profissionais da área de educação física, tem ministrados aulas de dança e exercícios funcionais gratuitamente, utilizando soluções remotas.

Para quem gostou da ideia e quer conhecer esta nova modalidade de exercícios físicos, a internet é uma boa pedida para encontrar professores, aulas e exercícios funcionais para todos os gostos e bolsos, mas antes, converse com o seu médico.

 

 

SIGA-NOS

9,705SeguidoresSeguir
35,137SeguidoresSeguir
Paula Tooths
Jornalista, produtora de TV e escritora, autora de oito títulos publicados no Reino Unido. | Londres - Miami